O que fazer com o dinheiro da restituição do IR 2017?

O que fazer com o dinheiro da restituição do IR 2017? Foto: Divulgação O que fazer com o dinheiro da restituição do IR 2017?

A Receita Federal liberou o quinto lote da restituição do IR 2017 para pagamento. A restituição é sempre paga com uma atualização monetária vinculada à taxa Selic. A gestora de Renda Fixa da Mongeral Aegon Investimentos, Patrícia Pereira, listou quatro dicas básicas para quem foi contemplado neste lote. Confira.

1 – Pague eventuais dívidas
Dinheiro extra é ótimo para quitar dívidas que estejam prejudicando o orçamento da casa ou da família. Compras no cartão, empréstimos, cheque especial. Tudo isso pode virar uma bola de neve difícil de controlar. Além disso, os juros geralmente são maiores que o rendimento de investimentos, então não deixe de aproveitar esse momento para se livrar das preocupações.

2 – Faça uma reserva financeira
Tem épocas que sobra mês e falta salário. Para não apelar para empréstimos, mantenha uma reserva financeira compatível, no mínimo, com um mês dos seus gastos. Esta ação é importante para que você tenha liquidez imediata no caso de imprevistos.

3 - Reinvista o dinheiro da restituição do Imposto de Renda no seu futuro
Se você tem uma previdência privada, nada melhor do que reinvestir sua restituição fazendo um aporte extra no seu plano de aposentadoria. Caso não tenha uma previdência ainda, esse pode ser o estímulo que você desengavetar esse projeto!

Em caso de fundos PGBL, você ainda pode abater o valor da base de cálculo do IR, limitado a 12% da sua renda bruta anual. Dessa forma, o efeito multiplicador do investimento é ainda maior: como a base para o cálculo sobre a qual é calculado o imposto encolhe, o valor a pagar diminui e a restituição aumenta. As aplicações precisam ser feitas até o dia 31 de dezembro.

4 – Crie o hábito de poupar e investir
Na correria do dia a dia, às vezes é difícil colocar em prática o hábito de poupar para investir. O mês em que a restituição é recebida pode ser um ótimo impulso para o início desse novo hábito. Por se tratar de um dinheiro não esperado, fica mais fácil começar a investir com parte, ou todo o valor, e a partir do mês seguinte já separar uma parcela do salário para o investimento. Sua saúde financeira agradece!

(Redação - Agência IN)